quarta-feira, 28 de abril de 2010

IGREJA CATÓLICA SE AFUNDA EM DENÚNCIAS


Já não era sem tempo de a igreja católica ser desmascarada. Em inúmeras denúncias de pedofilia praticadas por seus membros, diga-se, os padres, essa instituição vai se deteriorando.

Responsável por grande parte dos preconceitos e dogmas que permeiam a face da terra, a igreja acobertou, por anos, um crime hediondo, horrendo.

As mulheres nunca tiveram vez na igreja, muito menos os seus prazeres. Sexo só para procriar, enquanto os seus membros abusam de criancinhas.

Homossexuais devem ser excomungados, enquanto os padres caçam meninos por detrás dos altares.

Ter dinheiro é pecado, para os outros, porque seus templos são repletos de colunas e paredes de ouro num luxo sem fim, como se para se conectar com Deus fosse preciso toda essa opulência.

Há uma relação direta entre a pobreza dos países e a igreja católica. Onde ela está mais enraizada, os países não saem da estagnação, são pobres. Uma exceção é a Itália, que, por uma questão geográfica é um país rico. Se não tivesse na Europa duvido que seria assim. O mesmo acontece com os Estados do Brasil. Aqueles mais devotos ao catolicismo...já sabem não é?

Um famoso artista de TV morreu há alguns anos vítima de infarte. Segundo relatos ele era católico, freqüentador da igreja e se decepcionou arrasadoramente quando um badalado sacerdote – com cara de bom moço e que prega a humanidade nos programas de televisão – se recusou a acompanhá-lo no palco de um deles. Detalhe, o tal artista era homossexual assumido.

Perseguiu pessoas na inquisição, degolando-as, simplesmente porque eram negras, judias, homossexuais ou ‘bruxas” (para a igreja os médiuns eram chamados desse modo).

O que esperar mais de uma instituição que, num ritual de homens onde solta-se uma fumaça branca, escolhe, em votação, quem é o próximo enviado de Deus?

Eu não espero nada, aliás, quando viajo, nem faço questão de entrar nesses templos.

Vou orar.

Fui.

4 comentários:

Anita disse...

Muito bem escrito! Ordinários mesmo! e impunes!

Stefano disse...

nem falo disto
http://www.youtube.com/watch?v=Jr5Q5Volv88
http://www.youtube.com/watch?v=YpcE6Igwr0U
http://www.youtube.com/watch?v=_tKuNmyjG80
http://www.youtube.com/watch?v=rVvNG_DkwzY
http://www.youtube.com/watch?v=YWvl1EKY0jk
http://www.youtube.com/watch?v=K95X2VKqQ9o

João disse...

Apenas não concordo com a parte da estagnação econômica, pois a maior parte dos países africanos e asiáticos pobres não são católicos. Isso acontece na América pois fomos colônicas de países católicos, mas a pobreza econômica não me parece consequência direta da religião. E também não é somente a Itália que se tornou desenvolvida. França, Portugal, Espanha e outras ainda mantém uma Irgeja Católica poderosa. No resto, a única coisa que vale a pena desse delírio todo são os projetos artísticos e arquitetônicos. Abraços

João disse...

Vide

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Catholic_population.png